EDUSTAT - Publicações

ESTUDOS

Relatórios e análises.

  • Imagem

    O Impacto do Professor nas Aprendizagens do Aluno

    junho de 2021
    Pela primeira vez foi possível desenvolver um estudo para Portugal que permite aferir a influência que um professor tem na evolução das aprendizagens dos seus alunos, através do Valor Acrescentado do Professor (VAP). A análise do VAP permitirá uma avaliação do sistema de recrutamento de professores, indução profissional, colocação e progressão na carreira. Os resultados de tal avaliação poderão ser muito relevantes para as decisões políticas sobre o que devem ser os requisitos para o acesso e a progressão relativamente à carreira docente.
  • Imagem

    Oferta de Ensino Profissional Secundário em Portugal

    maio de 2020
    Um relatório que caracteriza a oferta formativa de cursos profissionais do ensino secundário em Portugal (Nível 2 e 4 do Quadro Nacional de Qualificações), com dados disponibilizados pela Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares (DGESTE) e que compreendem a oferta formativa em Portugal para o triénio 2018/2021, organizados por área de estudos e área de educação e formação e por NUTS II e NUTS III.
  • Imagem

    Caracterização do Ensino e Formação Profissional em Portugal

    março de 2020
    Um relatório que visa caracterizar o ensino e formação profissional (EFP) em Portugal, com base nos dados secundários mais recentes, relativos ao período compreendido entre 2015 a 2019. Este trabalho tem como objetivos específicos sistematizar dados estatísticos nacionais e internacionais dispersos sobre o ensino profissional em Portugal, caracterizar a oferta formativa profissional e identificar lacunas na informação sobre o ensino profissional.
  • Imagem

    A equidade no acesso ao ensino superior

    junho de 2019
    Apesar das medidas tomadas para promover a equidade no acesso ao ensino superior, persistem desigualdades no ensino superior português, em que o capital cultural das famílias dos estudantes e as suas origens socioeconómicas parecem influenciar as suas oportunidades de acesso e de sucesso educativo.
  • Imagem

    O impacto da redução de vagas em instituições de ensino superior na mobilidade dos alunos

    maio de 2019
    Com o objetivo de aprofundar a coesão do país e assegurar uma maior competitividade e sustentabilidade às regiões com menor pressão demográfica, reduzindo as distorções de ordenação territorial, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior determinou, para o ano letivo 2018/19, a redução em 5% do número máximo de vagas a fixar pelas instituições de ensino superior públicas sediadas em Lisboa e no Porto, permitindo o aumento de vagas nas instituições do resto do país. Mas será suficiente uma redistribuição de vagas para se promover a mobilidade dos alunos?
  • Imagem

    Evolução demográfica e consequências para a realidade educativa portuguesa

    janeiro de 2019
    A análise demográfica dos dados das últimas décadas mostra que a população portuguesa tem vindo a envelhecer de modo significativo, por efeito conjugado de um aumento da esperança de vida com uma diminuição da taxa de natalidade. Estudos recentes apontam para uma tendência de diminuição do número de indivíduos entre os 18 e os 30 anos para os próximos anos, o que colocará problemas de organização das escolas e da distribuição do corpo docente. Estaremos a preparar a escola e o país para esta redução demográfica?
  • Imagem

    Produção de diplomados em Medicina em Portugal

    outubro de 2018
    São frequentes as referências a problemas do Sistema Nacional de Saúde que parecem apontar para a falta de médicos. No entanto, verificou-se, nos últimos anos, um aumento significativo das vagas em Medicina, a ponto de não haver hoje vagas suficientes no internato complementar para todos os licenciados que concluem o curso com aproveitamento. Haverá, então, produção excessiva de diplomados em Medicina ou falta de médicos?
  • Imagem

    Que perceções têm os portugueses sobre o valor da educação?

    julho de 2016
    Este estudo tem por referência um trabalho de campo realizado pelo EDULOG em março de 2016, sob a coordenação científica de Patrícia Ávila, do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa. Em 1996 o Conselho Nacional de Educação e a Fundação Calouste Gulbenkian empreenderam um estudo, A Literacia em Portugal: Resultados de uma Pesquisa Extensiva e Monográfica. O presente estudo retoma a preocupação de aprofundar o conhecimento sobre a importância atribuída à educação na sociedade portuguesa.